Informe conjunto Sinffazfisco, Sindifisco-MG e Sindpúblicos

Quinta-feira (7/12) – Mobilização conjunta dos servidores da SEF/MG contra o atraso de pagamento do salário de novembro e 13º

Sinffazfisco, Sindifisco-MG Sindpúblicos convocam as respectivas categorias para paralisação conjunta na manhã desta quinta (7) em protesto pela indefinição da escala e atraso do pagamento dos salários e 13º.

Na véspera do quinto dia útil do mês de dezembro (7), data em que deveriam estar recebendo os seus salários integrais de novembro, os servidores do Executivo de Minas Gerais não mereceram sequer receber notícias do governo sobre a escala de pagamento parcelado desse salário, que, a repetir o mês anterior, estabelecerá a quitação do salário de novembro no último dia útil de dezembro. Isso, sem considerar a possibilidade de se repetir o não cumprimento pelo governo dessa sua própria escala, até agora desconhecida. Quanto à data de pagamento do 13º, que deveria ser quitado antes do Natal, também não se tem nenhuma notícia.

Em protesto, diante desse quadro de descaso e de graves dificuldades para os servidores estaduais, o SinffazfiscoSindifisco-MG e o Sindpúblicos, convocam suas respectivas categorias para paralisação conjunta nessa quinta-feira, 7/12/2017, na parte da manhã.

Mesmo que a escala de pagamento seja divulgada, a convocação do protesto está mantida, já que as causas que o ensejam – o descaso na definição da escala e o atraso no pagamento do salário e 13º – não se alterarão.

Orientações para a paralisação do dia 7/12/2017:

1 – Os servidores deverão permanecer concentrados o maior tempo possível na entrada dos prédios das suas unidades no início do expediente, conclamando os colegas que forem chegando para se juntarem à mobilização e esclarecendo o público sobre a paralisação e seus motivos.

2 – Os superintendentes regionais ou, na sua falta, em conjunto, os delegados fiscais e chefes da administração fazendária locais deverão ser convidados a comparecerem ao local de concentração dos servidores para serem comunicados do crescente descontentamento dos servidores, e do pedido de que se mobilizem com os demais comissionados da SEF/MG para cobrar a normalização do pagamento dos servidores da Fazenda.

3 – A imprensa local poderá ser contatada para cobertura da mobilização, centrada na questão do aprofundamento do atraso e indefinição sobre as datas de pagamento dos salários e 13º (e sobre a incerteza dos servidores no recebimento mesmo depois de divulgada pelo governo a sua escala de pagamento).

4 – As eventuais despesas decorrentes da ação de mobilização, com lanches ou confecções de faixas, por exemplo, serão reembolsadas pelos sindicatos.

Não se omita, é preciso que todos participem dessa luta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

error: Este conteúdo é protegido.